Carrinho de compras
Seu carrinho está vazio

Atendimento

0

Entrega para todo Brasil

rápida e segura

Descontos

em pagamentos a vista

Via Whatsapp

feito por pessoas (não robôs)

Parcele 5x s/juros

todas as bandeiras

Compra Segura

criptografia de ponta

30/08/2022

Demitida por assumir seus cabelos grisalhos

Alegações de que uma âncora de telejornal popular no Canada perdeu o emprego depois de “ficar grisalha” provocaram raiva e descrença, lançando uma das maiores organizações de mídia do país em turbulência e destacando as rígidas expectativas enfrentadas pelas mulheres na força de trabalho.

Em um vídeo de dois minutos postado no Twitter na segunda-feira, Lisa LaFlamme anunciou que foi demitida como âncora do CTV National News, um dos programas noturnos mais assistidos do país.

No clipe, que já foi visto mais de 4 milhões de vezes, LaFlamme disse que ficou “surpresa” com a decisão de encerrar seu contrato.

"Ainda estou chocada e triste", disse ela. “Aos 58 anos, ainda achava que teria muito mais tempo para contar mais histórias que impactam nosso dia a dia.”

LaFlamme, que começou a apresentar o principal show em 2011, foi uma das muitas mulheres que pararam de tingir o cabelo durante a pendemia e permitiram que sua cor natural do cabelo aparecesse. LaFlamme chamou a decisão de “libertadora” e disse aos espectadores que desejava ter feito a mudança mais cedo.

Mas na quinta-feira, o Globe and Mail (jornal canadense) escreveu que Michael Melling, um executivo sênior da CTV News, havia “perguntado quem havia aprovado a decisão de 'deixar o cabelo de Lisa ficar grisalho'”. Melling e LaFlamme também entraram em conflito sobre questões jornalísticas antes de Melling finalmente dizer a LaFlamme que seu contrato estava sendo encerrado, informou o Globe and Mail.

LaFlamme trabalhou para a CTV News nos últimos 35 anos, fazendo reportagens de zonas de conflito e locais de desastres naturais devastadores. Recentemente, ela ganhou o prêmio de Melhor Âncora de Notícias no Canadian Screen Awards.

Óbvio que o sexismo e ageismo vem sendo negado como a razão principal da demissão de Lisa, mas o que a emissora não esperava era o apoio imenso de grandes marcas à jornalista.

Enquanto isso, seguimos aqui firmes apoiando todas as mulheres que decidem assumir seus fios brancos, e também apoiando aquelas não querem deixar as tinturas, pois afinal o mais importante para nós é o respeito a descisão de cada um.